Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Wicked Girls Club

- Join me -

O teu toque...

Hoje sentei-me à beira da cama e consegui sentir o teu toque a percorrer o meu corpo como naquela noite de verão o ano passado. Senti a ponta dos teus dedos a atravessar cada curva do meu corpo, cada relevo do meu rosto. Então volta-me a tocar. Só mais uma vez. Devagar. Com os nossos corpos juntos, troca de olhares intensa, a tal ligação mental que criámos ali deitados, a olhar um para o outro. 
Melhor do que sentir o teu toque é sentir o teu olhar em mim. A forma como deitavas os olhos em mim, a forma como analisavas cada movimento meu, cada respiração sentida junto ao teu pescoço. Penso no quanto gostava quando me agarravas com ambas as mãos. As tuas mãos...De todas as mãos em que já toquei as tuas são as minhas preferidas. 
Não preciso de estar contigo para te conseguir sentir, basta fechar os olhos e relembrar cada momento nosso. Quando ainda havia sentimento, quando eu ainda me importava com alguém, quando ainda conseguia sentir-me viva. Porque quando me tocavas era quando me sentia viva. Conseguias perceber-me ao toque. Ou quando olhavas para mim diretamente nos olhos e ao mesmo tempo elogiavas estes "olhos da cor do mel" como tu sempre os chamaste. 
E tu? Consegues sentir o meu toque? Consegues sentir-me a percorrer o teu corpo após este tempo? Consegues sentir-te tão vivo como da primeira vez que me sentiste? Será que antes de ires dormir pensas na forma como eu te olhava e tocava? Nós nem precisávamos de palavras, bastava-nos o silencio, a tensão que existia entre nós quando estávamos os dois sozinhos. 
Gostava de voltar a sentir-te, gostava que me voltasses a sentir, o calor dos nossos corpos juntos, a nossa ligação. Porque se há coisa que jamais esquecerei, para além do teu toque, será a nossa ligação.