Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Wicked Girls Club

- Join me -

Crítica ao "The End Of The F***ing World" - 1ª TEMPORADA

                                   

2887549-tile.jpg

(The End Of The F***ing World - James & Alyssa)

 

          "The End Of The F***ing World" é uma série britânica bastante dramática e com muito humor negro à mistura, quase que nos faz lembrar do famoso filme "Submarine", que é também britânico e para além de drama tem também comédia. E digo isto porque é também sobre jovens que estão "afastados" do panorama dito normal da sociedade em que se inserem. Claro que a série tem mais acção e ambos se metem em sarilhos juntos daí ser o fim do mundo. 

          É sem dúvida, uma série que nos capta a atenção até ao último minuto, mas precisamente no último minuto da temporada nós ficamos sem saber o que poderá acontecer na 2ª temporada, well acho que é isso que faz uma série ser uma boa série. No fundo, temos dois jovens que são completamente contra a sociedade em que se inserem, James é um jovem que se considera psicopata e que vai sendo influenciado ao nível emocional por Alyssa, uma jovem completamente maluca daquela cabeçinha, não podia ser doutra maneira right? Para nos captar a atenção, se fosse uma personagem muito boring ninguém via a série. É Alyssa que vira o mundo de James do avesso e que o transforma em diversas formas.

submarine-movie-image-02.jpg

          O elenco está muito bem escolhido sem dúvida que sim, não são jovens "lindíssimos" como é cliché de séries em que envolve um casal jovem, são jovens normais no que diz respeito ao aspecto fisíco, e faz com que pareça mais "alcançável" aquele estilo de vida, não que seja propriamente um modelo não é? Temos Alex Lawther no papel de James e Jessica Barden no papel de Alyssa, os protagonistas. 

          No que diz respeito às semelhanças entre a série e o filme "Submarine" (foto à direita) começo pelo facto de ter duas personagens principais que estão rodeadas de pessoas problemáticas e que estão fartas de viver naquele estilo de vida. Em "Submarine" Oliver Tate não é de todo popular, tem depressão assim como James, que também não é popular e julga-se psicopata, aliás ele identifica-se mesmo sendo-o. Quanto às personagens femininas, ambas mudam a vida dos personagens masculinos, Alyssa é uma rapariga que aparenta não ter vergonha perante rapazes, mas na verdade, ao longo dos episódios conseguimos perceber os receios dela, aliás em ambos os casos, tanto na série como no filme conseguimos perceber o que os personagens pensam em determinados momentos e isso é brutal, é como se conseguissemos ler mentes. Temos em "Submarine" Jordana, que é bastante sentimental, assim como Alyssa, que ao longo da série procura contacto fisico e emocional com o personagem masculino. E o engraçado é que ambos os personagens têm receio de se tornarem "lamechas" por causa delas, é algo bastante especifico principalmente no filme, na série James está mais preocupado em encontrar o sítio e momento certo para tirar a vida à Alyssa. 

          Bom, basicamente é isto. Eu considero que a série esteja boa, para quem gostou de ver "Submarine" ou tem aquele gostinho em ver jovens a apaixonarem-se um pelo outro em situações perigosas tipo Bonnie & Clyde, aconselho a irem ao Tugaflix ou ao MrPiracy o mais rápido possível. Plus os episódios têm cerca de 20 minutos cada, devoram aquilo no instante.

Partilhem as vossas opiniões acerca da série ou do filme, quero saber também qual a vossa opinião e visão sobre os mesmos.